O Ethereum pode superar o Bitcoin?

No último ciclo de alta do mercado de criptomoedas, um dos desempenhos mais impressionantes sem sombra de dúvidas, foi o da Ethereum que, sendo a segunda maior criptomoeda do mercado em termos de capitalização de mercado, atrás apenas do bitcoin, acabou sendo uma das moedas com maior valorização entre as top 10, com um aumento de preço de 20x entre o início e fim de sua tendência de subida.  Em parte por causa disso, muitos se perguntam se a Ethereum pode acabar superando o Bitcoin em algum momento (Veja mais: https://magodomercado.com). Em face disso iremos, neste artigo, tentar responder a esse pergunta de modo bastante breve e resumido.

Ethereum BTC

É um fato que a Ethereum, quando considerada a totalidade da sua rede, é uma criptomoeda de maior tamanho em termos de volume de transação do que o Bitcoin. Isso ocorre principalmente porque a Ethereum tem a principal função de ser uma plataforma descentralizada por meio da blockchain que prove uma espaço para construção de aplicativos descentralizados, os chamados dapss, e com isso, naturalmente, o que acaba ocorrendo é que, com a quantidade total de aplicativos desse tipo que foram e são continuamente construídos na Ethereum e os seus tokens e funcionalidades geradas, o total de transações, em quantidade, acaba sendo muito maior do que o Bitcoin, que tem como fim apenas ser propriamente uma moeda.

Assim, a longo prazo, com o crescimento cada vez maior da ethereum e dos aplicativos que ali são gerados, com todas as usas funcionalidades como NFT’s, Defi, Gamecoins e todo o restante, nada mais natural que, em algum momento, a capitalização de mercado da ethereum se torne maior do que o Bitcoin, o que não significa dizer que o Ethereum, nesse momento, terá superado o BTC, já que, o Bitcon continuará sendo a principal moeda para o fim a que se propôs, ser uma moeda resistente a inflação e servir como meio de troca eventualmente.

 

Leave a comment